Cochonilha

Cochonilha tem mais de 2 mil espécies

A cochonilha é parente das cigarras e pulgões. São pequenos insetos parasitas, que medem cerca de 35 mm, originários do México. Estes insetos pertencem à ordem Hemiptera e são conhecidos por atacarem plantações.

Existem cerca de 2000 espécies de cochonilhas no mundo, sendo que pelo menos de 350 espécies ocorrem no Brasil. De acordo com a espécie, a distribuição geográfica e as plantas atacadas variam muito. Alguns dos exemplos mais conhecidos são: cochonilha-da-raiz, que tem o cafeeiro como alvo principal, é encontrada em outros hospedeiros, como citros, bananeira, pereira, batata, cafeeiro, na planta ornamental Clivia miniata (com uma flor parecida com a açucena) e em várias espécies de plantas daninhas, particularmente Cyperus rotundus, conhecida como tiririca.

Embora minúsculos  esses insetos sugadores de seiva podem fazer grandes estragos, não apenas pelos nutrientes que rouba, mas também por secretar uma espécie de cera que facilita o ataque de fungos, diminui a capacidade fotossintética da planta e, de quebra, atrai formigas doceiras.

Para combater a cochonilha, quando em jardins, o ideal é limpar as partes das plantas que estão infestadas, com esponja, ou com um cotonete embebido em vinagre ou álcool etílico. Outra mistura muito eficaz é a pulverização com emulsões de sabão de coco ou detergente neutro e, em seguida, pulverizar óleo mineral emulsionável.

Já para áreas maiores deve ser feito o controle químico, com a aplicação de inseticidas sistêmicos granulados em sulcos no solo. Entre os mais usados estão: neonicotinóides ou cloronicotinil.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário